Sunset Riders: Experiência Original

Sunset Riders

Os bons, os maus e os cowboys coloridos....

O vídeo abaixo é uma crônica sobre a experiência de receber Sunset Riders e o primeiro contato de garotos comuns do bairro com o Arcade clássico da Konami, e posteriormente suas versões para Mega Drive e Super Nintendo. Cujas vozes digitalizadas passaram a fazer parte do dialeto das crianças da época.

Sunset Riders é um plataforma de rolagem horizontal, levando originalmente até quatro jogadores ao Oeste Selvagem da América. No controle de quatro caçadores de recompensas (Steve, Billy, Bob e Cormano) que partiram para reivindicar as recompensas por matar os fora-da-lei mais procurados do Ocidente, antes de um confronto final contra o infame Sir Richard Rose.

A ação ocorre tanto a pé quanto a cavalo, com o jogo às vezes dividido com uma perseguição selvagem do Oeste; como ter que correr ao longo das costas de um rebanho de búfalos fugindo. Cada nível termina com jogadores entrando em uma batalha um-a-um contra um dos homens procurados que eles têm perseguido.

Power-ups e itens bônus podem ser obtidos entrando em bares ou derrotando certos bandidos que carregam sacos. Os power-ups vêm na forma de um distintivo de xerife dourado (que dá à arma do jogador um auto-fire) ou um distintivo de prata, que dá ao jogador uma segunda arma (tornando possível atirar em duas direções simultaneamente). Ambos os power-ups podem ser equipados ao mesmo tempo.

Outras armas que podem ser usadas pelos jogadores fazem parte das fases, como por exemplo bastões de dinamite transportados por bandidas que podem ser jogados de volta no inimigo antes que eles explodam.

Um mini-jogo bônus aparece no final das Fases 2 e 5 em que os jogadores devem atirar em inimigos de uma perspectiva em primeira pessoa antes que o temporizador se esgote.

Sunset Riders apresenta oito palcos de jogo, em uma experiência tão marcante e fluída que você nem nota que o jogo é curto. Estamos diante de um dos melhores jogos já lançados.

Deixe sua opinião, pedido ou sugestão... nos comentários do vídeo clicando aqui.